Há campos de trigo imensamente vastos, sob um céu lúgubre... e não desisti ainda de tentar expressar a tristeza e a solidão mais extrema... Chego quase a acreditar que essas pinturas dirão a você aquilo que não consigo por em palavras... (Van Gogh para Theo)
17.07.06
auto piedade

Quando choramos nossas perdas ficamos tão transtornados, que a gente chora, para o bem ou para o mal, também por nós mesmos. Pelo que nós éramos. Pelo que não somos mais. Pelo que um dia não seremos de modo algum

Joan Didion, O ano do pensamento mágico, p. 194



Rosana: 21:56
comentários
nome:


e-mail:


URL:


comente:


guardar dados?